A Energia Criativa da Terra

AA Energia Criativa da Terra - Sistema Anura reflexão que se segue, visa clarificar a profunda simbiose da raça humana com o planeta Terra e com a sua consciência, Anura.

O corpo humano vibra em sintonia com a Terra, assim como todos os outros tipos de vida que nela existem. Portanto, todas as células humanas vibram em ressonância com a frequência vibracional planetária e dele recebem a sua influência. Além disso, o nosso campo celular sofre a influência da mente consciente e inconsciente dos outros seres humanos. Resultado: fruto dessa “influência”, podemos “responder” à Terra fazendo escolhas que contrariam as nossas próprias crenças e convicções. Este assunto é delicado e poderá ser desenvolvido num artigo posterior.

No plano físico, a Terra possui campos de frequência (os chamados os “chacras da Terra”) que equilibram a sua estrutura física, cuja função é manter um determinado grau de equilíbrio, físico e vibracional. O mesmo se passa, como é sabido, com o ser humano.

Para além disto, o planeta possui uma energia vital, criativa, pulsante, destruidora, curadora, a que alguns chamam kundalini. Envolvendo a “Serpente de Fogo” que se eleva, estão dois canais energéticos – um de polaridade masculina, outro de polaridade feminina -, que lhe estimulam o movimento. Toda a actividade criativa, tudo o que nasce, cresce, morre, depende deste equilíbrio. Esta energia é profundamente sexual, plena de força e alegria, pulsante, mas não necessariamente instintiva. Nas zonas da Terra, escolhidas para a emanação da kundalini, sempre floresceram grandes civilizações. Disto se deduz que esses pontos de afloramento vibracional têm vindo a mudar ao longo do tempo, respeitando as decisões de Anura.

No caso dos humanos, a energia kundalínica eleva-se ao longo coluna vertebral em direcção à sua expressão mais elevada (não se pretende que o movimento seja descendente), quando é estimulada pelos dois canais energéticos, um feminino, outro masculino. O que tem acontecido nos últimos séculos, quer nos homens, quer nas mulheres, é que o canal masculino se fortaleceu imensamente, enquanto o feminino se recolheu, castrou e abdicou da sua função. Como resultado, assistimos a um grave desequilíbrio funcional, sendo a manifestação mais evidente o desvirtuamento da expressão sexual.

A energia do canal feminino representa o lado encantado da existência, a fera criativa, a energia que canta e dança com as forças da Vida; nutre, acarinha e nunca se esquece de si. É tão profundamente sexual quanto o seu complementar masculino. O problema é que o Feminino só consegue expressar-se equilibradamente quando, ao seu lado, o Masculino se expressa na mesma medida. Ou seja, sem querer castrá-la, controlá-la, dominá-la, etc. Elevam-se juntos, sem competirem.

A Energia Criativa da Terra - Sistema AnuraNeste processo de elevação equilibrada, o canal masculino jamais pretende assumir o protagonismo. Feminino e Masculino são como dois ímanes, cada um com a sua função, permitindo que a energia da “Serpente de Fogo” (que, numa imagem, se encontra enrolada, adormecida, no chacra raiz), desperte e percorra o seu caminho. “Serpente de Fogo” porquê? Porque, quando ela desperta e inicia o movimento ascensional ao longo da coluna, um fogo purificador, interno e físico, é ativado.

Tudo o que está fora deste padrão, está, naturalmente, desvirtuado. Se pensarmos que todos nós vivemos mergulhados nesta realidade, talvez possamos perceber melhor os problemas de expressão da sexualidade (sinónimo de criatividade), em homens e mulheres, quer por falta, quer por excesso. Estando estes canais a funcionar de uma forma desequilibrada, é impossível que a sexualidade (assim como todas as outras manifestações da vida) sejam vividas de uma forma saudável.

É por isso que as intenções de “ascender” – comuns nas pessoas contaminadas pelo vírus da ingenuidade espiritual – se torna tão decepcionante, por implicar aquilo que elas não podem sequer suspeitar.

Para ajudar as pessoas a alcançar este equilíbrio, deixamos uma pequena sugestão neste artigo sobre a energia feminina (clique para ler).

Convidamos todos/as a passar por lá.